Skip Navigation Links



Translate this page now :



»Programação
»Programação.NET
»Banco de Dados
»Webdesign
»Office
» Certificações Microsoft 4
»Treinamentos4
»Programação 4
»Webdesign«
»Office & User Tips«
»Grupos de Usuários
»Células Acadêmicas«

Micro de mulher
Você já está cadastrado e participa do grupo de usuários de sua cidade ? Se não, comente o porque.
 
 
Faça um pequeno teste com 10 questões de VB
.:.
Teste seus conhecimentos em Visual Basic, SQL Server e ASP 3.0 com nossas provas on-line
.:.
Aprimore seus conhecimentos em programação com nosso treinamento on-line de lógica de programação
.:.
Veja nosso calendário de treinamentos
Gostou da Página?
Então

para um amigo!

Pesquisa personalizada
Pesquisar Dicas:

 








Conheça o ASP.NET

Antes mesmo de ser lançado o ASP+ já trocou de nome : virou ASP.NET . O .NET do nome une a nova versão do ASP à tecnologia da qual faz parte : A plataforma .NET.

A plataforma .NET é uma mudança radical na forma de desenvolvimento de software para Web. Dezenas de novos recursos e facilidades foram introduzidos para que o desenvolvedor possa desenvolver aplicações mais otimizadas em menos tempo e com código mais organizado, ao contrário dos atuais códigos de script existentes.

O ASP.NET traz todas essas mudanças para o atual desenvolvimento com ASP. Hoje o ASP gera diretamente código HTML para as aplicações client. Essa forma de trabalhar, uma linguagem de script gerando outra linguagem de script, traz alguns problemas. Veja :

  • Manter informações através das páginas é uma tarefa de programação complexa
  • Para manter caixas preenchidas durante uma alteração de dados também é necessário programar bastante
  • O código de 2 linguagens de script (asp/html) fica misturado dentro de um mesmo arquivo
  • Como o HTML é dependente de browser, o programador precisa prever as diferenças de browser em seu código


Esses são apenas alguns dos problemas que nos dão a impressão de termos voltado a época das linguagens modulares, tal como DBase ou Clipper.

Para solucionar esses problemas o ASP.NET traz um motor de execução bem mais poderoso. Esse motor de execução faz parte o NGWS - Next Generation Web Services, um conjunto de componentes que se integrará ao sistema operacional e fornecerá serviços para outras linguagens, mesmo linguagens não Web. Um dos serviços fornecido é o motor de execução do ASP.NET

O ASP.NET agora é pré-compilado. A linguagem utilizada para desenvolver o código é transformada em uma linguagem intermediária (IL) que é executada pelo NGWS. A IL é a mesma para qualquer que seja a linguagem de origem.

A pré-compilação será realizada pelo servidor Web. Sempre que uma página .aspx for acessada a 1a vez o servidor Web irá fazer sua pré-compilação para a IL e armazenar o código pré-compilado em cache. Esse processo tornará a execução de páginas ASP.NET bem mais ágil.

A pré-compilação tem ainda outra vantagem : uma liberdade na linguagem na qual será desenvolvido o código ASP.NET . Produtores de software independentes podem produzir seus próprios pré-compiladores que transformem sua linguagem origem na IL. A MS disponibilizou 2 linguagens para serem utilizadas com ASP.NET : VB e C# (lê-se C Sharp). Entre outros produtores fala-se no surgimento do Cobol para Web.

Mas afinal, o que o novo motor de execução faz de melhor que o atual interpretador do ASP ?

O novo motor de execução faz boa parte do trabalho pesado para nós. Manutenção de estado, por exemplo, é trabalho dele. E como ele faz isso ?

O ASP.NET agora possui componentes HTML do lado do servidor. Pode-se adicionar a especificação RunAt="Server" a diversas tags, como por exemplo um Select ou um Input. Fazendo isso, essa tag fica disponível para a codificação ASP no servidor. Quando o código for executado pelo novo motor de execução este transformará o código na saida HTML adequada.

Um exemplo simples, veja :

<html>
<body>
<form method=post>
<input type=text name=txtnome>
<br>
<select name=sexo>
<option>Masculino</option>
<option>Feminino</option>
</select><br>
<input type=submit value="Enviar">
</form>
</body>
</html>

Este form está fazendo POST para ele mesmo. Quando o botão submit for clicado as informações serão transmitidas mas todas as caixas voltarão ao seu default.

Para que as caixas não voltem ao seu default ao serem transmitidas precisaremos adicionar o seguinte código :

<html>
<body>
<form method=post>
<input type=text name=txtnome value="<%=request.form("txtnome") %>">
<br>
<select name=sexo>
<option <% if request.form("sexo")="Masculino" then response.write("Selected") %>>Masculino</option>
<option <% if request.form("sexo")="Feminino" then response.write("Selected") %>>Feminino</option>
</select><br>
<input type=submit value="Enviar">
</form>
</body>
</html>


Como esse código estamos fazendo a montagem do HTML final exatamente como queremos que ele apareça. Com o novo motor de execução isso não será necessário. Veja como ficará o mesmo código :

<html>
<body>
<form method=post runat="server">
<input type=text id=txtnome runat="server">
<br>
<select id=sexo runat="server">
<option>Masculino</option>
<option>Feminino</option>
</select><br>
<input type=submit value="Enviar">
</form>
</body>
</html>

Com a especificação de que os controles HTML são controles do servidor o novo motor de execução irá realizar toda a manutenção de estado necessária, gerando o mesmo resultado final que o código ASP demonstrado acima, porém de uma forma bem mais limpa e inteligível.

Veja outras vantagens do novo motor de execução :

  • Os componentes do lado do servidor são personalizáveis. Ele já possui os componentes básicos, mas nós mesmos podemos criar componentes adicionais.
  • O código de cada componente do lado do servidor se responsabiliza por identificar o browser do usuário e gerar o código final de acordo com o browser. Assim sendo o programador ASP.NET não precisa mais se preocupar tanto com questões de compatibilidade com browser.
  • Os componentes no lado do servidor encapsulam muitas funcionalidades. O componente de calendário, por exemplo, permite gerarmos toda uma interface de calendário com apenas uma linha, a linha de chamada do componente.


Resumindo : Estamos saindo da idade da pedra lascada, na qual precisávamos fazer tudo na mão, para uma linguagem de desenvolvimento de mais alto nível, que melhorará muito nossa qualidade de código.


Dennes Torres
MCSD,MCSE,MCDBA





Envie seus comentrios sobre este artigo

Nome :

E-mail :

Comentários :


Avise-me quando houverem novos comentrios nesta pgina

Veja abaixo os comentários já enviados :

Nome : Rafael Barbosa Cassimiro E-Mail : formigodobles@hotmail.com
foi um artigo muito simples,em bem explicativo,pois teve como prioridade o conhecimento do usuário nessa área, que para alguns ela é desconhecida.
Nome : leoanrdo E-Mail : bemino@yahoo.com.br
fsdfdsfsdfsdfdsfdsfsd
Nome : JeBRFxuS83 E-Mail : 9y7jpokiwp@mail.com
xxx &#8211; Pikkulapsikin tietää, että kyse voi olla vain satshasomarrastukoesda. Nahkaa, ruoskaa, kiiltävää kaljua, univormuja. Tätä on pakko tehdä muualla, kun sexhibition on niin kesy.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Conheça mais sobre o nosso site :

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



Quer saber mais?
Faça um curso na Búfalo Informática, Treinamento e Consultoria e
Prepare-se para o Mercado!
Veja o que a Búfalo tem para você.

� Búfalo Informática, Treinamento e Consultoria - Rua Álvaro Alvim, 37 Sala 920 - Cinelândia - Rio de Janeiro / RJ
Tel.: (21)2262-1368 (21) 9240-5134 (21) 9240-7281 e-Mail:
contato@bufaloinfo.com.br